sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Criminologia - Entrevista Sérgio Salomão Shecaira

FONTE: http://www.juspodivm.com.br/entrevistas/entrevistas_110.html


Prof. Sérgio Salomão Shecaira
Professor Doutor em Direito Penal pela USP.

A criminologia é hoje matéria de fundamental importância para o real entendimento do direito penal. Segundo o professor Sérgio Salomão Shecaira, a criminologia é hoje uma matéria que veio para ser aplicada na formação de profissionais mais preocupados com o lado humanístico e social do estudo do direito penal, devendo inclusive constar nas grades curriculares como matéria obrigatória e não apenas como optativa, conforme está sendo ventilado. Este professor salienta que não se pode ficar preso a um mero estudo dogmático da matéria visto que é imprescindível um contado mais humano com o criminoso, onde se torna cada vez mais necessário a análise do porquê da prática do crime e não apenas o julgamento do ato em si.

JusPODIVM - Fale um pouco sobre essa matéria Criminologia?

RESPOSTA: Essa matéria (criminologia) não consta na grade curricular dos Bacharéis em Direito. Essa matéria contribui para que os alunos tenham contato com uma matéria diferenciada do cotidiano, pois faz com que as pessoas busquem ser um pouco mais criticas, não apenas julgando um "criminoso" e sim analisando porque ele comete certos delitos, as causas e as conseqüências para toda sociedade.

JusPODIVM - O que o Dr. acha dessa matéria (criminologia) não estar na grade curricular da maioria das faculdades de Direito do país?

RESPOSTA: Se a perspectiva dessas faculdades é de um estudo dogmático e é apenas para que seus alunos façam concurso, a grade que eles oferecem segue esse perfil e é o que está ai no mercado, o tradicional. Mas, se eles quisessem formar pessoas que se preocupassem com o lado mais humanístico, teriam que colocar essa matéria na grade, não como optativa e sim como currículo obrigatório.

JusPODIVM - O Dr. poderia resumir de maneira simples o que é Criminologia?.

RESPOSTA: Claro. Criminologia é prevenir a ocorrência do crime e pensar em soluções estratégicas para prevenção da criminalidade. Quando o Estado investe seu dinheiro em penitenciárias, está pensando em prevenir a criminalidade. Acaba não conseguindo, pois o índice de reincidência é altíssimo. O que fazer? A resposta quem dá é a criminologia. Mais do que isso: ela ensina como diminuir as conseqüências do crime para a vítima. Seja com campanhas preventivas. Seja com o adequado tratamento. Enfim, previne o crime e cuida de suas conseqüências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário